Oração Secreta



“Tu, porém, quando orares, entra no teu quarto e, fechada a porta, orarás a teu Pai, que está em secreto.”
Mateus 6:6

Quando você entra num quarto para orar em secreto, ninguém deve ouvir seu clamor, sua confissão, louvor, ou mesmo palavras de gratidão – só Deus. Você está em audiência com o Rei. Nesse momento, seu aposento se transforma no seu “Santo dos santos,” onde Deus Se revela a você.

Então, em meio ao silêncio e “sozinho abra seu coração aos olhos de Deus. A oração secreta só deve ser ouvida por Ele – o Deus que ouve as orações. Nenhum ouvido curioso deve partilhar dessas petições em que alguém entrega a Deus suas dificuldades. Na oração secreta a pessoa está livre das influências do ambiente, livre de excitamento. Calmamente, mas com fervor, pode buscar a Deus” (Caminho a Cristo, p. 98).

A pessoa que se concentra em Deus neste seu “deserto”, longe de toda e qualquer distração, é como abrisse um poço em meio à terra seca, de onde tira água em abundância para saciar a sua sede de Deus.

Esse modo de orar pode ser exemplificado pela ordem dada por Deus a Moisés, para que subisse o Monte Sinai aonde não podia levar, nem sequer, o seu amigo íntimo – Josué. Era um encontro secreto entre Moisés e Deus. Mas quando retornou da presença de Deus para o arraial de Israel, seu rosto estava brilhando, tão impregnado estava pelo encontro que tivera com o Rei. Isto é o que acontece com quem ora assim. Há uma transformação, de modo que a imagem de Cristo passa a ser refletida nele. Ele sai de sua câmara secreta habilitado para transformar seu ambiente, sua família, sua igreja e seus amigos, levando-os para mais perto de Deus.

Grandes batalhas têm sido travadas dentro de um quarto de portas fechadas: batalhas contra o eu, contra pecados secretos, contra nossa natureza má e indomável, e contra outros pecados.

Quantas lágrimas são derramadas ali, a sós com Deus! Mas, também, quantas vitórias são alcançadas, quanta bênção e quanto perdão recebidos. Faça essa experiência e você experimentará a alegria de viver.
Essa maneira de orar nos propicia excelentes condições para ouvirmos o que Deus tem a nos dizer. Ele tem coisas a esclarecer-nos. Esperemos que Ele nos fale ao coração.

REFLEXÃO: “Eis que te comprazes na verdade no íntimo, e no recôndito me fazes conhecer a sabedoria” (Sl 51:6).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: