Está alguém entre vós aflito? Ore.


Oração
“Está alguém entre vós aflito? Ore.” Tiago 5:13, ARC

Hoje vou narrar mais uma experiência vivida pela irmã Ernestina Pereira Leite e pelas crianças do seu orfanato, lá de Araguacema, estado do Tocantins, como resposta à sua oração da fé. Ernestina já descansa no Senhor e o seu orfanato não mais existe.

Logo que a irmã Ernestina tomou posse do orfanato, após a morte do marido, sofreu toda sorte de privações, por ela ser adventista. Todos os auxílios e verbas foram cortados, bem como os créditos nas casas comerciais da cidade.

Então, chegou o dia crítico. Toda a comida havia acabado e dezenas de crianças não tinham o que comer. Nesse dia, almoçaram muito mal. Para o jantar não tinham mais nada e, conseqüentemente, não jantaram. No dia seguinte, não tomaram a refeição matinal. As horas foram passando e chegou à hora do almoço. Mas, comer o quê?

A irmã Ernestina não desanimou. A mesa foi arrumada como de costume. Tudo estava em ordem. Cada criança tomou seu lugar, só que faltava o principal: o alimento… Onde estaria? Então, todos se ajoelharam e a irmã Ernestina, com toda a fé e confiança em Deus, orou fervorosamente. Na oração, ela pediu que Deus tivesse compaixão daquelas crianças, pois elas estavam famintas. Não haviam jantado no dia anterior e de manhã não tiveram nada para comer. Que Deus não Se esquecesse delas. Que Ele lhes desse o pão de cada dia, pois, somente Ele poderia valer-lhes naquela hora de angústia. Estavam sem dinheiro, sem crédito, sem nenhum recurso e não tinham mais a quem recorrer em busca de socorro. E que aquelas crianças pudessem crer que há no Céu um Pai amoroso e bondoso que atende às orações de Seus filhos.

Terminada a oração, todos se levantaram e a irmã Ernestina pediu que todos permanecessem em seus lugares aguardando a resposta de Deus, porque ela estava certa de que algo iria acontecer e Ele iria mandar o alimento tão esperado.

Como agiria você numa hora assim? Teria fé suficiente para esperar pela providência divina? Por um pouco ainda, Deus provou a fé daquela nossa querida irmã, mas não por muito tempo mais. Amanhã, você saberá o que aconteceu e como Deus é maravilhoso.

REFLEXÃO: “Amo o Senhor, porque Ele ouve a minha voz e as minhas súplicas” (Sl 116:1).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: