Justiça e Misericórdia


A misericórdia e a verdade se encontraram; a justiça e a paz se beijaram. Salmo 85:10, ARC

Justiça e misericórdia são atributos de Deus que só Ele sabe usar corretamente. Não são contraditórios, apenas representam componentes opostos que a mente humana não consegue abarcar.

Temos dificuldade para entender Cristo exercendo justiça e perdoando ao mesmo tempo. Isso não quer dizer que Ele contemporiza com o pecado para perdoar. O pecador arrependido é perdoado por Cristo. Continua sendo pecador por natureza, mas perdoado. Nossa natureza pecaminosa será extinta somente “quando este corpo corruptível se revestir de incorruptibilidade” (1Co 15:54), por ocasião da volta de Jesus.

O hábito comum de apreciar em Cristo apenas o que mais nos agrada, o amor e o perdão, e não o Seu cetro de justiça, como “o Senhor, reto Juiz”, “que há de julgar vivos e mortos” (2Tm 4:8, 1), explica porque há cristãos tão imperfeitos e tão acomodados; como se esses atributos divinos nos isentassem de nossos deveres e responsabilidades perante Deus.

Certo rei tinha verdadeira aversão à prática do adultério. Assim sendo, decretou uma lei que qualquer pessoa que fosse apanhada em adultério, teria os dois olhos vazados. Tempos depois, o rei recebeu a denúncia de que seu filho havia cometido adultério. O rei entrou em desespero. A lei cobrava punição, o transgressor devia receber o castigo.

A lei exigia que os dois olhos do filho do rei fossem vazados. Então, o rei encontrou uma solução. Para que seu filho não vivesse em completa escuridão pelo resto da vida, determinou que vazassem um olho do filho e um olho dele próprio, e assim a lei foi cumprida; a justiça fora executada misturada com amor e misericórdia.

Nossos primeiros pais caíram em pecado ao transgredir a Lei de Deus. A lei exigia justiça. Deixaria Deus o homem em completa “escuridão” pelos séculos eternos? Deus já tinha uma solução. Ele receberia o castigo juntamente com o homem, oferecendo Seu Filho para morrer em nosso lugar. No Calvário, então, podemos entender melhor a solução preparada por Deus para salvar o homem. Ali, o amor e a justiça de Deus se encontraram para perdão da raça caída, que pode continuar olhando, com os olhos da fé, para o horizonte das suas esperanças, aguardando o dia da volta de Jesus. – EGS

REFLEXÃO: “Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo” (2Co 5:19).
________________________________________

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: