O Pacto de um Menino


Vamos, ponham o Senhor à prova e vocês hão de experimentar a Sua bondade. Feliz é o homem que confia totalmente no Senhor! Se você pertence ao Senhor, ame e obedeça a Ele; para quem faz isso, nada falta […] Quem procura o Senhor nunca passa necessidade. Salmo 34:8-10, BV

Era um sábado dedicado à fidelidade a Deus em todas as igrejas adventistas do estado de São Paulo. Materiais contendo orientações e palestras foram enviados para todas as igrejas do estado, para servir de subsídio aos pastores e demais pregadores.

Como era uma programação intensiva, as atividades começaram de manhã, com um sermão, mas a maioria das igrejas continuou a programação na parte da tarde, com testemunhos dos crentes mostrando como Deus abençoa Seus filhos quando eles decidem ser fiéis, em qualquer situação, na devolução do dízimo e nas ofertas voluntárias.

Um adolescente de uma das igrejas da capital contou sua experiência que a muitos emocionou. Foi assim:

“Morávamos no interior do estado de São Paulo. Logo que meus pais se mudaram para a capital, devido a nossa precária situação financeira, achei que devia fazer alguma coisa para ajudá-los. Um dia, saí sozinho à procura de trabalho para menores, no bairro de Santo Amaro. Minha mãe, em casa, ficava muito preocupada comigo. Ela achava muito perigoso para um menino sair à procura de trabalho no meio de uma cidade grande.

“Depois de três dias, sem nada conseguir, orei fervorosamente a Deus, pedindo-Lhe que me ajudasse. Ele sabia das nossas necessidades. Prometi, a exemplo de Jacó, devolver fielmente os dízimos ao Senhor.

“No dia seguinte, saí novamente, confiante de que Deus iria me ajudar. E assim foi: uma empresa comercial de materiais elétricos me empregou concedendo o sábado livre. Que bênção! O salário inicial foi de R$ 120,00 mensais. Era pouco. Mas, ao receber o meu primeiro salário, assim como eu havia prometido, devolvi o dízimo a Deus.

“Tempos depois, ao tomar conhecimento do programa de mordomia, fiz um pacto de fé com Deus de dar, além do dízimo, mais 15% para a igreja. Naquele mesmo mês fui, mais uma vez, ricamente abençoado. O patrão aumentou meu salário para R$ 300,00 mensais. Minha fé, hoje, é outra. É muito mais real. Eu a experimentei na minha vida. Vale a pena ser fiel a Deus!”

Devolver o dízimo e dar ofertas faz parte da nossa adoração; é uma expressão de nosso louvor e amor a Deus!

REFLEXÃO: “Honra ao Senhor com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda” (Pv 3:9).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: