Leve a Cristo Suas Mágoas


As contendas, as palavras ásperas e a antipatia pelos outros não devem ter lugar na vida de vocês. Em vez disso, sejam bondosos uns para com os outros, compassivos, perdoando-se mutuamente, tal como Deus os perdoou por vocês pertencerem a Cristo. Efésios 4:31, 32, BV

Fiquei profundamente magoada com certa pessoa que procurou prejudicar-me no trabalho, a ponto de afetar minha saúde física e emocional.

Ao lavar a louça do almoço, num determinado dia, ainda com muita mágoa no coração, de repente, passou pela minha cabeça a pergunta: Essa mágoa vem Deus ou do diabo? Por certo, não vem de Deus. Ali mesmo, como estava, orei pedindo a Ele que tirasse aquele sentimento de dentro de mim. Foi assim que todo aquele ressentimento que me magoava e feria desapareceu como se tivesse escoado pelo ralo da pia. Senti alívio e paz. Deus me ajudou a perdoar!

Há algo, porém, muito difícil de a gente fazer que é perdoar a nós mesmos. Em certo sentido, é mais fácil perdoar os outros. Deus pode nos ter perdoado, mas continuamos carregando o peso de uma consciência atribulada. É o mesmo que pedir a Deus que carregue nossa carga, mas, ao mesmo tempo, queremos dar uma “mãozinha” para ajudá-Lo, segurando numa das pontas.

Ouvi de um evangelista a história de uma senhora que lutava constantemente com um sentimento de culpa. Não mais suportando aquela situação, ela buscou ajuda e conselho do pastor. Contou que havia cometido um grave pecado alguns anos antes e o marido nada sabia. Ela já havia pedido perdão a Deus, mas, assim mesmo, não tinha paz interior.

O pastor, então, lhe disse: “A senhora disse que já confessou seu pecado a Deus e pediu-Lhe perdão, não é verdade?” Ela respondeu que sim e que fazia isso todos os dias. “Ó, minha senhora”, disse-lhe o pastor, “só um Deus amoroso poderia suportar isso! Na primeira vez que a senhora Lhe pediu perdão, Ele já a perdoou. Não só a perdoou, mas esqueceu o seu pecado. Agora, só falta a senhora perdoar a si mesma.”

É Satanás quem nos induz a continuar carregando o peso da culpa, para nos fazer desanimar e desistir. A toda pessoa sobrevém alguma crise no decorrer da vida. Mas, para cada crise, Deus tem uma solução. A tendência humana é afligir-se quando sobrevêm provações. Levemos a Cristo todas as mágoas, decepções e pecados. “Ele as muda todas em prazer!” – EGS

REFLEXÃO: “Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça!” (1Jo 1:9).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: