A Nossa Casa


O que vês escreve em livro e manda às sete igrejas. Apocalipse 1:11
 

 “Nossa Casa” é a expressão carinhosa com que muitos crentes se referem à Casa Publicadora Brasileira (CPB), editora da Igreja Adventista atualmente localizada em Tatuí, interior de São Paulo. É grande a minha gratidão à “Casa” pelos quinze anos e meio que nela trabalhei como diretor geral e assessor administrativo, divididos em dois períodos. Foram anos marcantes em minha vida.

Na passagem bíblica acima está sintetizada a missão desta editora: escrever e enviar a literatura ao povo. As casas editoras estão entre as mais eficientes instrumentalidades de evangelização, representadas pelos três anjos voando pelo meio do céu, citados em Apocalipse 14.

A igreja no Brasil deve sentir-se agraciada em ter em seu território a CPB. “Os membros duma igreja dentro de cujos limites se encontra uma de nossas casas publicadoras”, diz Ellen White, “são privilegiados com ter em seu seio uma das instituições especiais do Senhor […] Irmãos e irmãs, o Senhor Se agradará se vos empenhardes deveras em suster com vossas orações e meios a instituição publicadora. Orai cada manhã para que ela receba as mais ricas bênçãos de Deus” (Testemunhos Seletos, v. 3, p. 171).

Quem visita a Casa Publicadora Brasileira se encanta, logo na chegada, com os lindos jardins, marca registrada dessa instituição desde os tempos do saudoso pastor Bernardo Schünemann, em Santo André. É como se fosse uma miniatura do Jardim do Éden pelo verde abundante, pela beleza das flores, pelo canto dos pássaros e pela paz e calma que oferece aos visitantes. E lá dentro, nas oficinas e escritórios, estão máquinas e servidores trabalhando diuturnamente. Eles necessitam das suas orações para que possam cumprir a missão que Deus lhes confiou.

Todos os dias da nossa “Casa” sai, em forma de livros, revistas e folhetos, alimento espiritual para o fortalecimento da fé dos leitores, para o crescimento da igreja e do público em geral. “As publicações expedidas de nossas casas publicadoras devem preparar um povo para encontrar-se com Deus” (ibid., p. 140). Essa é a grande missão da nossa querida “Casa”! Oremos por ela, sempre!

“Movem-se os prelos num girar constante, / e a branca folha sai a todo instante, / já transformada em mensageira audaz. / O prelo é como um grande coração que pulsa, / e a cada pulsação ascende a luz que expulsa / as trevas do erro. / E que visão nos traz” (Isolina Waldvogel).

REFLEXÃO: “Assim fala o Senhor, Deus de Israel: Escreve num livro todas as palavras que Eu disse” (Jr 30:2).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: