Sábado das missões motiva jovens universitários


dsc_4254

Os três campi do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp) resolveram comemorar o sábado das missões. A programação foi realizada nos dias 24 e 25 de abril e teve como objetivo motivar e dar o apoio aos jovens estudantes que querem ser missionários. Os estudantes e membros da igreja saíram motivados a atuar e participar do programa mundial chamado Serviço Voluntário Adventista (SVA).

O evento contou com a presença do líder mundial para Missionários Voluntários, pastor Homer Tricartin, da coordenadora do departamento na América do Sul, Marly Timm, e do coordenador para o estado de São Paulo, pastor Luiz Carlos Araújo. Também estavam presentes líderes da Igreja Adventista no estado de São Paulo, e coordenadores do Serviço Voluntário Adventista nos três campi do Unasp.

O que é Serviço Voluntário Adventista?untitled

Segundo a coordenadora para a América do Sul, Marly Timm, o programa é algo oficial da Igreja Adventista que da a oportunidade de o jovem participar da missão em muitos lugares do mundo ou continuar um projeto que a Igreja já desenvolve. “Por muitos anos nós nunca tínhamos um programa oficial da Igreja para os voluntários. Agora que temos, ele vem responder a uma grande necessidade de os jovens participarem do programa mundial”, enfatiza Marly.

dsc_4234

Ela também lembra que o programa é extensivo não apenas para os jovens, mas para profissionais e mesmo aposentados.  Existem projetos de vários períodos como curto (um mês, dois meses, seis, meses) ou mais longos (um ano, dois anos). Para participar, os candidatos precisam ser adventistas e ter mais de 18 anos. Os casados têm uma limitação de tempo que podem ficar longe do cônjuge.

A coordenadora contabiliza que uns 400 a 500 projetos abertos estão no site: www.adventitvoluntirs.org por dia para que os interessados em participar se inscrevam. Isso representa mais ou menos 2 mil vagas para o missionário aplicar sua vaga. No site também estão disponíveis informações básicas e os projetos que estão espalhados pelo mundo.

“O SVA é um programa que realmente visa colocar o plano da Igreja Adventista dentro da missão. Tem sido uma benção para os que recebem esses voluntários, mas acima de tudo uma benção para quem vai como missionário voluntário”, garante Marly.

Mão a obra

dsc_4252

“A pouco mais de um ano começamos um trabalho um pouco mais relevante em nível de Divisão Sul Americana com respeito ao Serviço Voluntário. Estamos crescendo e nos desenvolvendo cada vez mais no sentido de preparar os jovens do Brasil para um serviço mais eficaz em todo o mundo”, analisa o pastor Luiz Araújo.

O pastor Araújo acredita que o Brasil tem muito a oferecer nesse sentido. “Nós já fomos um campo missionário para outras culturas e hoje podemos sair e fazer um trabalho missionários significativo em outros lugares”, justifica. Segundo Araújo a vinda do pastor Homer ao Brasil e o trabalho que é desenvolvido no Unasp tem esse objetivo: despertar, motivar e conscientizar o grupo de alunos que tem esse fogo missionário e querem fazer um grande serviço para Deus.dsc_4249

“Queremos dar a eles o que precisam para que tenham uma idéia do que é a missão evangelística fora do País. E que realmente tenham um trabalho de dedicação e uma idéia ampla da missão mundial”, aponta Luiz. O pastor enfatiza que com os eventos realizados em todos os campi do Unasp fazem com que o SVA alcance esse objetivo.

“As mensagens do pastor Homer foram uma inspiração e agora esperamos uma reação dos estudantes quanto ao que ele falou. Muitos jovens que tem o interesse em ser voluntários não deveriam deixar para depois, porque é uma experiência realmente fantástica”, assegura o pastor José Maria Barbosa, um dos coordenadores do SVA no Unasp.

O pastor José Maria foi missionário por sete anos no Peru e também já enviou missionários que hoje ocupam cargos de liderança na área como Ronald Kuhn e Guinther Walawer. E enfatiza que os estudantes que se interessam em ser missionários devem procurar a pastoral universitária do seu campus ou entrar no site para conhecer um pouco mais do SVA.dsc_4238

“Eu quero incentivar os jovens do Brasil a se envolverem na missão. Eu fui estudante missionário há 37 anos aqui no Brasil e minha vida foi mudada. Aprendi mais sobre mim, sobre meu relacionamento com Deus”, garante o pastor Homer Tricartin. O pastor lembra que quando veio ao País a Igreja Adventista ainda era pequena, mas hoje possui 1 milhão e meio de membros, ou seja mais do que em qualquer outro país do mundo.

No Brasil existe 1 adventista para cada 142 pessoas, mas países como a Turquia tem 74 adventistas e 74 milhões de pessoas. “Nós temos a responsabilidades de mandar missionários brasileiros para todos os cantos da terra. Temos tremendas necessidades ao redor do mundo. Seja um missionário aonde Deus quer que você vá para levar a mensagem do evangelho para que Deus possa voltar em breve”, incentiva Tricartin.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: