Seria errado Isolar-se?


solidao

Quero muito, ver as pessoas felizes. Mas vejo que, infelizmente, todos os hereges, praticamente, têm algo em comum. Durante estes anos que tenho trabalhado com pesquisas e respostas bíblicas e com aconselhamento, tenho percebido o quanto um ex-anti-trinitariano passa a ser mais feliz quando se converte. Não ter a capacidade de aceitar uma doutrina cristã já é algo que, de certa forma, aliena um cristão de próprio “berço”. Mas quando se trata da doutrina da trindade, essa dificuldade agrava-se, pois a pessoa perde a oportunidade de relacionar-se com o próprio Deus. Viver em isolamento é muito ruim.

Você gosta de ficar só? Por quanto tempo? Já imaginou se você nunca, em hipótese alguma, tivesse qualquer tipo de relacionamento, com ninguém?

Por que o ser humano não é uma ilha? Dependemos muito dos semelhantes. Quando observo a natureza, penso que somos uma das espécies mais interdependentes. Muitos mamíferos, poucas horas após o nascimento, já são capazes de correr, saltar e pular. Existem animais que quando nascem nunca vêem os pais, porque estes já se foram há muito tempo. Mas uma criança demora anos para ser capaz de sobreviver sem a assistência de alguém! Tempo maior que a existência completa de muitos outros seres. Mesmo depois que o cidadãozinho já é capaz de andar com as próprias pernas, continua dependente da família. Ainda que consiga se manter, vai sempre buscar uma companhia. Todos têm família!

Por que tanta dependência? Todo estudante tem turma, todo trabalhador tem colegas, todo jovem tem galera… E sempre procuramos nos relacionar mais. Diplomas são entregues em grandes reuniões, competições reúnem milhares, produções nos trazem a interdependência, planejamentos são acompanhados de refeições… E fala sério: quanta comilança não é inventada só com o objetivo de formar encontros?!?! As palavras “jantar” e “encontro” até parecem sinônimos. Tomar uma refeição sozinho pode lembrar solidão.

Por que a solidão é tão triste? O pior castigo que se pode aplicar a alguém é o isolamento, por quê? Pense comigo, fomos criados para ficar só? Ao terminar de criar o homem Deus disse que “não é bom que o homem esteja só (Gênesis 2:18)”, porque foi feito à imagem e semelhança de Deus (Gênesis 1:26 e 27), e Deus é um ser relacional. “Deus é amor (1 João 4:8)”. Ele não é sozinho, pois como seria “amor” se fosse só? Não existe amor sem relacionamento.

O ser humano é relacional através do matrimônio, da família, das atividades que realiza, etc. Mas e Deus? Como foi possível um Deus único ter passado toda a eternidade se relacionando com alguém? Antes de ter criado qualquer ser, Ele já não era amor? Sendo amor, se relacionava com quem? Acontece que, ao mesmo tempo em que Deus é Único, Ele é Triúno:

Deu é Único

Deus é Triúno

um Senhor Efésios 4:5 Jesus viu o Espírito, e uma voz dizia: Este é o meu Filho. Mateus 13:13-17
Deus é um Gálatas 3:20 em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo Mateus 28:19
um Deus 1 Coríntios 8:6 presciência de Deus Pai, em santificação do Espírito, para a aspersão do sangue de Jesus 1 Pedro 1:2-5
único Deus verdadeiro João 17:3 Cristo, pelo Espírito se ofereceu a Deus Hebreus 9:14

É possível Deus ser Único e Triúno? Este é um conceito que pode ser chamado de “unicidade na pluralidade” e ilustrado pelo matrimônio. Compare Deuteronômio 6:4 – “Deus, é o ÚNICO Senhor), com Gênesis 2:24 – (O homem se une à sua mulher, tornando-se os dois UMA carne).

As palavras destacadas em caixa alta nos dois versos acima, no original, são a mesma: “echad”, e significa “um entre outros”. Deus é “único”, “no sentido plural”; Adão e Eva eram “uma só carne” no “sentido plural”. Ambas uniões apresentam uma “unicidade na pluralidade”. Se Moisés quisesse mostrar uma única unidade de ser, usaria o termo hebraico “yachid”.

slide22

Em linguagem bíblica, “uma só carne” (Marcos 10:8; 1 Coríntios 6:16; Efésios 5:31)

slide3

Em linguagem teológica, TRINDADE.

Três seres divinos distintos, o Pai, o Filho e o Espírito Santo formam uma única divindade. Não existem três deuses, mas o Deus único são três seres que se relacionam. Paulo cita o trio divino, em uma ordem que, em grego, parece até estar alfabética (Espírito Santo, Jesus, Pai): “ somente um corpo e UM ESPÍRITO, como também fostes chamados numa só esperança da vossa vocação; HÁ UMSENHOR, uma só fé, um só batismo; UM só Deus e PAI de todos, o qual é sobre todos, age por meio de todos e está em todos (Efésios 4:3-6)”.

O Espírito Santo

Na criação os três seres da divindade estavam envolvidos. “No princípio, criou DEUS os céus e a terra. A terra, porém, estava sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o ESPÍRITO de Deus pairava por sobre as águas (Gênesis 1:1 e 2). Também disse DEUS: FAÇAMOS o homem à NOSSA imagem, conforme a NOSSA semelhança (Gênesis 1:26)”. O primeiro ser da trindade, mencionado de forma específica, na Bíblia é o Espírito Santo (Gênesis 1:2).

A Palavra de Deus afirma que o Espírito Santo não é uma força ou poder impessoal. Olhe o que Jesus falou dEle: “Ele Me glorificará… e há de anunciar (João 16:14)”. Os primeiros cristãos o consideravam neste nível: “Pareceu bem ao Espírito Santo e a nós (Atos 15:28)”. Naquela época Ele dirigia os interesses da igreja: “Disse o Espírito Santo: Separai-me, agora, Barnabé e Saulo para a obra a que os tenho chamado (Atos13:2)”.

A Bíblia cita diversas atividades realizadas pelo Espírito Santo que não podem ser executadas simplesmente por um poder, bem como vários atributos de caráter que Ele possui, exclusivos de um ser que possui identidade própria.

“Ao apresentar o Espírito Santo, Jesus O identificou como “outro Parakletos” (João 14:16). Essa palavra grega tem sido traduzida como “Ajudador”, “Confortador”, “Consolador”, “Conselheiro” e pode também significar “Intercessor”, “Mediador” ou “Advogado”. Além do Espírito, o único Parakletos mencionado nas Escrituras é o próprio Cristo” – Nisto Cremos (Tatuí, SP: Casa Publicadora Brasileira, 1997), 94.

Quando Pedro disse a Ananias que ele havia mentido “ao Espírito Santo”, ele disse que Ananias, na realidade, havia mentido “a Deus. Então, disse Pedro: Ananias, por que… mentisses ao Espírito Santo? …não mentiste aos homens, mas a Deus. (Atos 5:3 e 4)”. Mentiu ao Deus Espírito Santo.

Esta pessoa amiga é plenamente Deus. Ele participou da Criação (Gênesis 1:2), tem existência eterna (Hebreus 9:14), está em todos os lugares ao mesmo tempo (Salmo 139:7), sabe todas as coisas (1 Coríntios 2:10 e 11). Somente um Deus pode ser criador, eterno, onipresente, onisciente e ter outras características tão sublimes.

Após Jesus subir ao céu, o Espírito passou a ser o atual representante da divindade junto à humanidade. Jesus disse: “Rogarei ao Pai e Ele vos enviará outro Consolador, o Espírito da verdade (João 14:16)”, e “eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século (Mateus 28:20)”.

O “Espírito de graça” trabalha em favor dos crentes (Hebreus 10:29), aplicando a salvação de Cristo à nossa vida. Como revelador, Ele nos convence do pecado (João 16:8), nos guia em toda a verdade (João 16:13), e nos faz lembrar todas as coisas (João 14:26) que Jesus ensinou.

Deus espera que os crentes estejam “cheios do Espírito Santo (Atos 13:9)”. Eles produzirão “frutos do Espírito”, que são os frutos da presença de Deus: “amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade… (Gálatas 5:22 e 23)”.Assim, a proclamação do evangelho alcançará “os confins da Terra (Atos 1:8)”.

O Filho

Este ser divino sempre existiu durante a eternidade. “No princípio era o Verbo [Jesus], e o Verbo [Jesus] estava com Deus, e o Verbo [Jesus] era Deus (João 1:1)”. Mas um dia “o Verbo [Jesus] se fez carne e habitou entre nós (João 1:14)”.

Você sabe por que, popularmente se diz que quem precisa ver pra crer é um verdadeiro “tomé”? Quando Jesus havia aparecido para os discípulos, após a ressurreição, Tomé não estava, e depois quando lhe contaram o ocorrido, ele não acreditou. “Passados oito dias, estavam outra vez ali reunidos… veio Jesus e… disse a Tomé: … vê as minhas mãos… não sejas incrédulo… Respondeu-lhe Tomé: Senhor meu e Deus meu! (João 20:26-28)”. Jesus aceitou esta adoração de Tomé, por ser realmente o “Emanuel, que quer dizer: Deus conosco (Mateus 1:23)”.

A segunda pessoa da divindade se fez homem para ser um “mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem (1Timóteo 2:5)”. Portanto, pela revelação do que está escrito, vemos que Ele é plenamente homem e plenamente Deus ao mesmo tempo.

Foi por Jesus que Deus “fez o universo (Hebreus 1:1)” e “todas as coisas foram feitas por intermédio dEle (João 1:3)”. Ele se declarou profeta (Lucas 13:33) e no livro de Hebreus, Paulo o revela como nosso Sumo Sacerdote.

“Este Jesus é a pedra angular. Não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos (Atos 4:11 e 12)”. E para sempre “o Seu reino será reino eterno, e todos lhe servirão (Daniel 7:27)”.

O Pai

“Não temos nós todos o mesmo Pai? Não nos criou o mesmo Deus? (Malaquias 2:10)”. Embora Deus seja nosso Pai por ter nos criado, “ninguém jamais viu a Deus (1João 4:12)”. Ainda que não queiramos ser filhos do nosso “Pai celeste, ele faz nascer o seu sol sobre maus e bons e vir chuvas sobre justos e injustos (Mateus 5:45)”. Mas o seu propósito para a nossa vida é nos salvar: “Olhai para mim e sede salvos, vós, todos os limites da terra; porque eu sou Deus, e não há outro (Isaías 45:22)”. Foi por isso que se sacrificou e “deu Seu Filho unigênito (João 3:16)”. É Ele “que te conduz ao arrependimento (Romanos 2:4)”.

Nos tempos do antigo Israel, Deus habitou “no meio deles” através de “um santuário” que lhes pediu que construíssem (Êxodo 25:8). No Novo Testamento, Deus Se revelou através de seu Filho, quando o “Verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade, e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai (João 1:14)”, pois o próprio Jesus declarou: “Quem me vê a mim vê o Pai (João 14:9)”.

“E, porque vós sois filhos, enviou Deus ao nosso coração o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai! (Gálatas 4:5 e 6)”. Nós recebemos a adoção do Pai! E Ele quer tanto se relacionar conosco que em Sua casa “há muitas moradas (João 3:16)” nos aguardando, “porque o Filho do Homem há de vir na glória de seu Pai, assentado à direita do Todo-Poderoso, com os seus anjos (Mateus 16:27; 26:64)”. “E, assim, estaremos para sempre com o Senhor (1Tessalonicenses 4:17)!”.

O Amor e a Perfeição de Deus São Eternos!

“Quando vemos uma pessoa que realmente ama, nós estamos vendo a presença e a atividade de Deus. Quando sabemos que estamos sendo chamados para viver com mais fé, estamos ouvindo a voz de Deus. O Espírito Santo é Deus presente em nós, e ativo através de nós em favor de outros.

Como nós existimos pelo poder criativo e mantenedor de Deus no Pai, e como fomos salvos pelo amor libertador de Deus no Filho, podemos gozar a presença transformadora de Deus pelo Espírito Santo. Isso é o que o nome cristão de Deus significa na experiência religiosa pessoal”. –  Fritz Guy, Minha Fé, Minha Vida – 2 “O Que a Trindade Significa Para Mim”, citado em CD Rom Kit de Estudo Nisto Cremos.

“Que a graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a presença do Espírito Santo estejam com todos vocês! (2Coríntios 13:13 – BLH)”.

Por minha própria experiência pessoal eu testemunho a você, que se aceitar a Deus de forma plena na sua vida, você será muito mais feliz!

Seria errado isolar-se?

Creio que não faria bem.

E “aquele que sabe que deve fazer o bem e não o faz nisso está pecando (Tiago 4:17 – RA)”.

Portanto, não perca a oportunidade de ter um Amigo que é eterno! Ele que é a Verdade pode libertar-lhe e fazer-lhe muito feliz.

Um abraço,

Pr. Valdeci Jr.

Fonte:  Advir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: