No clima de copenhagen

 Os visitantes do Super Casas Bahia, maior evento de varejo, que acontece entre os meses de dezembro e janeiro, no Anhembi, em São Paulo, encontrarão uma novidade divertida e educativa: enquanto investem em novos eletrodomésticos, os consumidores aprendem, de forma lúdica, a fazer uso consciente e seguro da energia elétrica, ajudando a preservar os recursos naturais do planeta e educando as futuras gerações.

Trata-se do projeto AES Eletropaulo na comunidade, uma iniciativa que compõe o Programa de Eficiência Energética da distribuidora e tem realização da H.Melillo – Grupo de Articulação Social que, junto com a distribuidora, promove desde 2007 várias ações de responsabilidade social e sustentabilidade focadas no consumo inteligente da energia elétrica. A programação do AES Eletropaulo na comunidade conta com atividades interativas e lúdicas – em tendas e em um caminhão adaptado para o projeto – que visam a demonstrar a importância da eletricidade no dia a dia das pessoas de forma divertida.

Dentro do caminhão adaptado para projetar vídeos em 180° e sensores touch screen os visitantes podem interagir com uma animação e inspirada no ambiente familiar, onde personagens cometem erros comuns ao dia a dia, e os espectadores, de maneira interativa, são convidados a corrigi-los. Com o objetivo de fazer os participantes refletirem sobre suas escolhas de consumo, na Tenda Loja são apresentados aparelhos eficientes. Já Na Tenda Bike, os visitantes participam do processo de geração de energia e aprendem a utilizá-la licitamente.

As histórias sobre as diversas formas de geração de energia usadas pelos homens – da tração animal à usina hidrelétrica – ficam por conta dos monitores, que as explicam por meio da exposição de maquetes como um moinho e uma hidrelétrica que funcionam de verdade. As crianças são o grande alvo da iniciativa, que também atrai pais e mães. As apresentações acontecem durante o Super Casas Bahia, no estande de 200 m² da AES Eletropaulo, ao lado do espaço do Papai Noel. São esperadas cerca de dois mil visitantes por dia até o final da temporada. Vale conferir!

Por: Laressa Magalhães

Anúncios

Culto de Celebração do 13º Aniversário do Grupo Unisson

Convite: Grupo Unisson “programa de aniversário – Em Família”
Comemoração dos 13º aniversário do grupo adventista Unisson
Data: 19.12.2009
Horário: 18h00
Local: IASD Jardim Colonial
Endereço: Avenida Presidente João Goulart, 971, Jd. Colonial

Culto de Celebração e Louvor no Alvorada – Pr. Luís Gonçalves

Desbravadores: Itaipava recebe 60 clubes de desbravadores com muitas atividades recreativas e momentos de louvor e adoração

A fazenda de Itaipava, Vale do Ribeira- SP, ficou pequena para os mais de 2200 desbravadores- juvenis e adolescentes de 10 a 15 anos, que se reuniram para saírem da rotina na capital e participarem de momentos inesquecíveis com muita diversão, louvor e adoração.

O campori, acontecimento mais esperado do ano pelos desbravadores, teve início no dia 18/11, quarta, e se estendeu até o dia 22, domingo. No total, 60 clubes estiveram acampados em barracas, e durante os 4 dias, desenvolveram diversas atividades preparadas com muito carinho pelos organizadores do evento.    

A programação foi bastante diversificada. Com o tema “Pela graça de Deus”, os desbravadores participaram na parte da manhã dos programas espirituais. A cada dia um pastor apresentou diferentes temas que foram discutidos entre os acampantes. No período da tarde, os acampantes realizaram atividades que contaram pontos, e para finalizar, a noite, todos se reuniram para estudarem a Bíblia.

Um momento especial do evento foi a preparação do local para os batismos e a entrada da réplica da Bíblia mundial, em comemoração ao projeto chamado Siga a Bíblia, que consiste na divulgação da importância da Bíblia como guia constante na vida das pessoas, . “Este livro além de ser sagrado é poderoso, está levando muitos  ao batismo. O importante é que as palavras que estão contidas na Bíblia toquem o coração dessas pessoas”, diz o pastor Ronaldo de Oliveira, líder da Igreja Adventista do Sétimo Dia para a região Sul de São Paulo.

Durante o campori, que teve a participação do quinteto Haves, a presença do pastor Helbert Roger Almeida, líder religioso para os jovens da região sul de São Paulo e a participação dos pastores Nelson Milaneli, Ronaldo arco, Marcelo Schesser, pastor Venefrides, entre outros, foi comemorado os 50 anos do clube de desbravadores no Brasil. “É bom estar junto aos jovens novamente. Trabalhei  diretamente com eles e foi muito gratificante. Para mim, foi sempre uma troca, ensinava e aprendia também. E o trabalho que os desbravadores vêm realizando durante os 50 anos é de sentir orgulho”, comenta o pastor Nelson Milaneli.

Para o pastor Juvenildo Silva Rego, coordenador associado dos desbravadores para a região sul de São Paulo, esses jovens são exemplos de coragem, determinação e testemunhas de Cristo, e merecem reconhecimento. “Ser um desbravador não é apenas vestir o uniforme e fazer as atividades solicitadas, é ir além, é ter uma comunhão intensa com Jesus e colocar em prática Seus ensinamentos, dentro de casa e com o próximo também. Fico feliz pelos 50 anos do clube no Brasil, e o objetivo desse evento não é só se divertir, mas agradecer a Deus o trabalho que eles fazem. Na Associação Paulista Sul- APS temos 4000 desbravadores e em São Paulo, 15000”, explica.

CLUBE DOS DESBRAVADORES

O clube de desbravadores é dirigido pela Igreja Adventista do Sétimo Dia, desde 1950. O principal objetivo é formar cidadãos responsáveis, conscientes do seu papel na sociedade e do seu dever de cuidar de si mesmos, e de fazer o que estiver ao seu alcance para ajudar o próximo.

Os desbravadores se reúnem aos domingos pela manhã, para aprenderem ordem unida – exercício para a disciplina, a coordenação motora, o reflexo e o senso de trabalho em equipe. Além disso, todos eles também desenvolvem atividades de estudo e preservação da natureza, artes manuais, arte de acampar, recreação e cuidados com a saúde física e mental. Nos acampamentos eles aplicam tudo o que aprenderam.

Entre as tarefas para a semana, os desbravadores praticam uma boa ação por dia, além de cultivar uma vida saudável, cuidando do corpo, mente e espírito. E nas atividades realizadas, eles aprendem técnicas de sobrevivência, como fazer fogo sem fósforo, praticam caminhadas, escaladas, exploram matas e cavernas, desenvolvem a criatividade e a solidariedade.

Fé para Hoje, Sua nova atitude

O Programa Fé para Hoje completa seus 47 anos de existência.

 

Em 1962, a Televisão brasileira ainda era uma novidade que poucos tinham acesso. Nesse período, a igreja adventista do sétimo dia foi usada por Deus e utilizou este meio para pregar o evangelho, surgindo então, o programa Fé para Hoje.

Convidado para ser o apresentador do programa, o pastor Alcides Campolongo aceitou o desafio e junto a esposa Neide, começaram o trabalho na emissora. No início, na extinta TV Tupi, os programas eram em preto e branco e apresentados ao vivo.

Para que o programa Fé para Hoje estivesse no ar durante todo este tempo foi necessário realizar um trabalho com amor e dedicação. No dia 25/11, amanhã, o programa completará 47 anos, sendo o mais antigo programa evangélico da TV brasileira.

Atualmente, o Fé para Hoje é apresentado pelo Pr. Ronaldo de Oliveira e mantido no ar pela Associação Paulista Sul. O Pr. Campolongo é presença constante nas programações até hoje.

Transmitido aos domingos, às 8h30, pela TV Gazeta, canal 11, o programa foi criando espaço em outras emissoras, e hoje, pode ser assistido pela Rede Brasil, canal 59 UHF aos sábados e domingos às 8h, e pela TV Novo Tempo, Canal 56, ou 141 na Sky aos domingos 1h20 e 9h, quarta- feira às 11h e 20h30 e sábado às 19h30.

Ampliando sua utilidade, o programa disponibiliza agora, em DVD, a série de estudos bíblicos Ouvindo a voz de Deus. No total, são 17 programas contendo as 28 crenças fundamentais da igreja adventista e três programas abordando o assunto do criacionismo, gravados com o Dr. Nahor Neves, totalizando 20 programas.

Fonte: APS

Day Camp 2010 – IASD Cidade Dutra – Venha e divirta-se!

Day Camp - IASD Cidade Dutra - União Adventista

Clique na imagem para ampliar

Vídeo do Day Camp IASD Cidade Dutra - União Adventista

Clique na imagem para assistir o vídeo

Graça, Maravilhosa Graça

“Mas os filhos de Coré não morreram.” Números 26:11

Pessoal, bom dia! Falando sobre conservar a nossa memória nos feitos do Senhor, e especifícamente, nesse caso, no sacrifício de Cristo, a lição dos jovens, hoje, comenta a respeito da mulher que ungiu os pés de Jesus, e então é mostrada uma belíssima referência de Ellen White sobre o assunto. Se deliciem com cada palavra desse texto bem curtinho, mas cheio de significado:

“A oferenda de Maria havia de espalhar sua fragrância, e por sua ação espontânea seriam abençoados outros corações. Estes haveriam de se erguer e cairiam impérios; seriam esquecidos nomes de reis e conquistadores; mas o feito dessa mulher seria imortalizado nas páginas da história sagrada. Enquanto o tempo durasse, aquele partido vaso de alabastro contaria a história do abundante amor de Deus a uma raça caída” (Ellen G. White, O Desejado de Todas as Nações, p. 563).

O texto nos mostra o quanto nossas ações, quando motivadas pelo puro desejo de agradecer, servir e honrar nosso Deus, ainda que pequenas, ainda que nos perecem inexpressivas, são para Deus maiores que a conquista de reinos inteiros. Uma entrega completa de nosso coração, mas sendo o nosso coração cheio de mácula, agrada sobremaneira o nosso Deus, e permite-lhe agir no sentido de nos tornar bons pela graça de Cristo.

Faça sua escolha agora! Faça a sua entraga nesse momento! Pare tudo o que estiver fazendo! Não há nada mais urgente; não há nada mais importante do que a comunhão com o Salvador.

Maravilhoso notar que Deus, em sua misericórdia poupou os filhos de Coré. Deus abriu a terra para tragar todos aqueles que se rebelaram; tudo o que eles tinham, e suas famílias seriam destruidas. Ao que tudo indica, a família de Coré não quis juntar-se ao seu patriarca em sua pecaminosa rebelião, e Deus teve misericórdia deles, ao ponto de se tornarem um dos principais, senão o único grupo de músicos nos dias de Davi e Salomão. Os filhos de Coré tornaram-se séculos mais tarde responsáveis pela adoração de Israel no templo do Senhor.

Salmos 42
1 [Masquil para o músico-mor, entre os filhos de Coré] Assim como o cervo brama pelas correntes das águas, assim suspira a minha alma por ti, ó Deus!
2 A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo; quando entrarei e me apresentarei ante a face de Deus?
3 As minhas lágrimas servem-me de mantimento de dia e de noite, enquanto me dizem constantemente: Onde está o teu Deus?
4 Quando me lembro disto, dentro de mim derramo a minha alma; pois eu havia ido com a multidão. Fui com eles à casa de Deus, com voz de alegria e louvor, com a multidão que festejava.
5 Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas em mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei pela salvação da sua face.
6 O meu Deus, dentro de mim a minha alma está abatida; por isso lembro-me de ti desde a terra do Jordão, e desde os hermonitas, desde o pequeno monte.
7 Um abismo chama outro abismo, ao ruído das tuas catadupas; todas as tuas ondas e as tuas vagas têm passado sobre mim.
8 Contudo o SENHOR mandará a sua misericórdia de dia, e de noite a sua canção estará comigo, uma oração ao Deus da minha vida.
9 Direi a Deus, minha rocha: Por que te esqueceste de mim? Por que ando lamentando por causa da opressão do inimigo?
10 Com ferida mortal em meus ossos me afrontam os meus adversários, quando todo dia me dizem: Onde está o teu Deus?
11 Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, o qual é a salvação da minha face, e o meu Deus.

Ao longo dessa semana procurarei postar os Salmos cuja autoria ou utilidade apontavam para os filhos de Coré.
Fiquem com Deus, e não esqueçam de estudar a lição da Escola Sabatina!
Grande abraço.
Daniel Makawetskas